24/10/2008

Budapest underground

Budapeste © Pedro Cuiça (2006)

Na próxima segunda-feira (dia 27 de Outubro), às 21 horas, e na terça-feira (28 de Outubro), às cinco e às 13 horas, o canal História vai passar o documentário “Cidades debaixo da terra: Budapeste, a cidade das grutas”.
Budapeste, a capital da Hungria, esconde um “mundo subterrâneo” de certo modo pouco conhecido e que encerra segredos bem guardados. As grutas e subterrâneos que se encontram por baixo da cidade acolheram diversos "habitantes", desde os homens pré-históricos até aos comunistas. Todos levaram o seu "habitat" para as profundezas desse mundo paralelo. “O apresentador Eric Geller teve acesso especial a esta cápsula do tempo hermeticamente selada, onde descobrirá um hospital da Segunda Guerra Mundial altamente secreto, encontrará a origem das águas quentes curativas, que utilizavam tanto os romanos como os turcos, para além de ver os diferentes níveis que foram construídos através dos séculos para sustentar o mundo de hoje, para que este não acabe por se desmoronar como aconteceu com o que se encontra enterrado sob a cidade.” Um documentário sobre o Budavári Labirintus a não perder…

Budavári Labirintus (Budapeste) © Pedro Cuiça (2006)

Budavári Labirintus (Budapeste) © Pedro Cuiça (2006)

4 comentários:

susana disse...

Parecem alicerces fantasmas de um momento fossilizado

bjts (tanto tempo!)

Pedro Cuiça disse...

O directório mundo PT informou-me, através de e-mail, que foi colocado um "novo" comentário referente ao blog Spelaion. Por questão de lisura e também de divulgação de tão alvar alogia, aqui fica:

“Título : Blog desactualizado
Classificação : Mau
Conteúdo :

São publicadas temáticas completamente desactualizadas, artigos totalmente irrelevantes. Uma cópia barata de outros blogs.”

Apraz-nos saber que o nosso trabalho provoca tão intensas reacções em quem o lê. Não se poderá dizer que resulte em indiferença ou passe desapercebido, não é? Já é algo… No panorama escrito, tão rico e prolífero, sobre espeleologia em português, de facto, constata-se facilmente que este blog insiste sobretudo no copy-paste de outros blogs (nem se dando ao trabalho de traduzir os plágios!). E outro tanto se passará no tocante às imagens publicadas… Nada de novo, não é? Por outro lado, a irrelevância do material publicado já poderá ser discutível e, como há gostos para tudo, damos de barato que haja quem assim pense. Bem-haja! Por último, obrigado por constatar aquilo que, desde logo, manifestámos ao lançar o Spelaion: que neste blog seriam publicados sobretudo os trabalhos jornalísticos que publiquei ao longo dos anos. Gostaria também de afirmar que esta espécie de anacatarses anónimas nos dão imensa motivação para continuarmos o nosso despretensioso trabalho. Por último, apenas um conselho: será interessante diferenciar “coltura” de brotoeja. Tudo de bom!

Jorge Nogueira disse...

Spelaion, um dos melhores Blogs em Portugal, sobre a espeleo. Apesar de ter artigos já com alguns anos (isso está escrito aquando da criação do blog), não deixam de ser actuais. Não dispenso a sua leitura e tenho aprendido com o que aqui leio.
Há pessoas que elevam o seu "ego", a dizer mal... Coitados
Abraço

Pedro Cuiça disse...

Jorge Nogueira
Muito obrigado pelo teu comentário. Valeu...
Grande Abraço