03/12/2008

Ena pá!

Serra de Candeeiros © Pedro Cuiça (2008)
Serra de Candeeiros © Pedro Cuiça (2008)
Serra de Candeeiros © Pedro Cuiça (2008)
Serra de Candeeiros © Pedro Cuiça (2008)
Ena pá! 2008? Sim, estamos de facto no século XXI e num novo milénio... Não parece, mas assim é!!!
Como se costuma dizer: uma imagem vale mais do que mil palavras. E estas, sendo meia dúzia, falarão por si… Portanto, palavras para quê? O que é natural é bom, não é? E quando se encontra num parque natural (como o PNSAC) as expectativas ainda serão maiores! Mais natural, mais natureza, mais verde, mais ecológico, mais sustentável, mais… Blá, blá, blá...
De qualquer modo, para quem ache imprescindível uma explicaçãozinha, aqui fica... À falta de algum considerando mais profundo, só nos ocorre mesmo algo bem superficial :

“Marisco é bom,
Marisco satisfação,
Marisco é bom,
Marisco é-i…”


Serra de Candeeiros © Pedro Cuiça (2008)
Serra de Candeeiros © Pedro Cuiça (2008)

2 comentários:

subsico disse...

É triste!!! Muito triste!!! Andam a vender o país ao lobby eólico!!!!
Este PNSAC está condenado, nada lhe vale, é pedreiras sem fim, eólicas a perder de vista (e ainda dizem que não fazem barulho!!!...enfim não vivem perto delas!!!)
E o turista estrangeiro questiona: Isto é mesmo um parque natural?


PS: O próximo ataque eólico será ao PNPG, isto porque no Montesinho já o conseguiram...

nalga disse...

Boas
Antigamente subia-se a uma montanha/serra e encontrávamos um "talefe" (marco geodésico), agora já não ...encontramos um aerogerador, ninguém se lembra do impacto visual, já começa a ser difícil encontrar uma montanha limpa de aerogeradores, que praga...
Um abraço